Sex, 28 de Maio de 2010 09:04

O que é culinária? O que é gastronomia?

Escrito por:  Chef Eber Santos
Avalie este item
(42 votes)

Sabemos que são coisas aparentemente iguais, pois nos confundimos, a gastronomia é a criatividade e a inovação da culinária, e a culinária é a base, o principio das formas de cocção para a infusão da gastronomia.

Tudo começou no final da década de 70, quando alguns experts franceses inovaram as técnicas, reduziram as quantidades, padronizaram cortes e optaram por carnes mais nobres de pouca fibra, e baixo teor de gordura.

Nascia então a ''Nouvelle Cuisine'' criada pelos grandes mestres:
PAUL BOCUSE
PIERRE TROIGROS
ROGER VERGÉ
GASTON LENÔTRE (Chef Patissiere-in Memorian)
MICHEL GUÉRARD (Chef Patissiere)

Que adicionando a influência e a leveza da culinária asiática trouxeram a Nouvelle Cuisine ao mundo. Tendo em vista essa revolução na culinária Francesa e sendo exportada ao mundo, impuseram a França como o berço da gastronomia, então quando pensamos em gastronomia lembramos dos franceses que nos remetem à sutileza do paladar, porém não parou por aí, a partir do nascimento da Nouvelle Cuisine, chefs do mundo inteiro adaptaram técnicas e moldes em suas Culinárias criando então o que conhecemos como a ''gastronomia internacional''. Que em sua consequência fermentou a ''alta gastronomia'' que até os dias de hoje se dissipa em inúmeras e imensas formas. Temos desde uma gastronomia de raiz até a molecular, que patenteada pelo mestre Ferran Adriá (Espanha), evidenciou um novo nascimento de uma nova gastronomia a “Molecular”.

Com isso num resumo provamos da diferenciação entre a culinária e gastronomia.

Em nosso extenso percurso de sabores, texturas e infusões, traremos as caracterizações das mais interessantes sensações mundiais, daremos uma volta ao mundo em 5 sentidos: O VER – O EXALAR - O SABOREAR - O TOCAR – E O OUVIR. Ouvir? Mas como assim?  Você fará de si mesmo um personal chef, e com um simples toque de criatividade trará para si os 5 elementos de uma forma sutil e apaixonante. Para isso faremos uma jornada pelos mais exóticos e típicos alimentos do mundo.

Desde o Taru na ilha de Marajó ao Canguru ao Vapor na Austrália, do Filé de Caranguejeira Frita (Austrália, África e países andinos) a Farofa de Formiga no centro oeste brasileiro, da Sopa de Barbatanas de Tubarão na Ásia e Europa prato com uma excelente concentração de sabor servido nos mais renomados restaurantes e de problemáticas discussões, ao famoso Mercado do Atum no Japão onde gigantes das grandes profundezas são negociados a preços de pedras preciosas, as Feiras Publicas de Especiarias na Índia, Queijos e Vinhos na França, Massas e Tomates na Itália, Azeites e Azeitonas na Grécia, Tapas, Curados e Fiambres na Espanha, Pimenta, Limão Coentro e Tequila no México, Ceviches e Batatas no Peru que hoje se coroa como uma das 10 gastronomias emergentes liderada pelo chef Gaston Acurio, A arte Crioula nas Américas e na África, a cozinha Iglu, presente no Alaska e na Sibéria, nos apaixonaremos pelas 1001 noites no Mediterrâneo, e nos tornaremos curiosos espectadores das picantes artes, Vietnamitas com suas efervescentes sopas, Tailandeses com seus agridoces, e o Churrasco Mongol, e conheceremos o nosso Brasil de uma forma extra-curricular, em sua hegemonia gastronômica revolucionada pelo jovem Alex Atala, e descansaremos nos courses finais com pôsteres, desserts, sobremesas, cafés e iguarias aperitivas, e como pisa dores num lagar daremos passos a uma caminhada sem fronteiras pelos feitos da uva.

Levaremos-Nos a suaves e etéreos sonhos, descrições do abstrato por mãos em perfeita sintonia, encaminhados para a chave que abriu a porta e as imagens do ambiente fértil, denso, compacto e concreto. Tenho como premissa maior presentear a vocês com as cores, sabores, sons, perfume e as sensações deste mundo que estão ao alcance e pronto a ser desvendado de forma etérea e diametral.

Chef Eber Santos

Última modificação em: Sex, 28 de Maio de 2010 09:18
Chef Eber Santos

Chef Eber Santos

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Deixe seu comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated.
Basic HTML code is allowed.